sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Cruzada infinita


E os moinhos lá longe esperavam por nós
como gigantes imponentes desafiadores do mundo,
monstros inultrapassaveis de pedra e mito.
O trote trôpego do elegante Rocinante
cambaleava lentamente na direção da aventura
e o fiel escudeiro seguia
como o agouro que acompanha
ou a sombra que segue.
Minha fiel amada, adiante os perigos
um homem não é homem se não levanta a espada
um cavaleiro não tem honra se não levanta a cabeça
um amor não é amor
se não se arrisca tudo.
Adiante então de lança em riste
na cruzada infinita por aquilo em que se acredita.


(João Natal)

2 comentários:

Catlin disse...

eu amei a sua foto, rss estou roubando, rss

beijos, bom final de semana

submissa flor de cristal{LB} disse...

Catlin, pode pegar tudo que vc queira daqui do meu bauzinho, tá bem ? Qualquer coisa que te agrade vc pode levar, combinado ?

Beijos!
flor de cristal{LB} .