domingo, 5 de setembro de 2010

Onde Não se Responde

Ela lhe perguntou o que faria com o que sentia por ele.

“Guarda”, ele respondeu, com a simplicidade de quem sabe que estas coisas, quando simplesmente existem, não precisam de um alojamento, um lugar, um espaço definido.



Guarda, ele lhe disse, na esperança de que ela levasse seu conselho ao pé da letra, esperando ganhar tempo pra encontrar o guardado mais tarde quando tudo fosse possível. Guarda, assim, como quem não quer nada, como quem vai usar daqui um minuto, quando sair do banho, quando sair à rua, quando for dormir, quando amanhecer.

Guarda solto em cima da cómoda, à vista dos olhos, no meio de outras bugigangas e finge que ele nem toma tanto espaço. Ou guarda na primeira gaveta, embrulhado em um papel de seda (daqueles que envolvem a maçã de Caetano), no fundo, longe dos olhos, e mesmo que você não abra a gaveta saberá que está lá. Mas quando e se você abrir, o perfume que vier lá do fundo vai invadir o quarto, a casa, devolvendo ao coração aquele sentimento de pertencer.

Guarda, ele lhe disse, tentando lhe dizer tudo isso, mas pronunciou apenas “guarda”, como se uma única palavra pudesse produzir cenários perfeitos para guardar o que ela sentia por ele. Então, ela lhe perguntou “onde?” Depois de tudo que ele tinha lhe dito em uma palavra, que significava entrega, um sim, um “eu acredito”, ela lhe fazia uma nova pergunta.

Onde? E ele, sem querer saber de pedir, sem querer entender de sofrer, sem querer explicar que o que sentia por ela estava guardado, intenso, represado e inflamável, disse simplesmente: “se não tem espaço, joga fora”.



E ela, por temer a longa espera guardando sem utilização….mais uma vez acreditou nele… e obedeceu


(Claudia Letti, Ed Arte Clara}


Sinceramente é magnifico, é de chorar, ler algo tão belo assim , tão doido, tão maravilhosamente inspirador...Meus sentimentos ficaram embrulhados..amarrados nesta instante, sensibilidades a flor da pele, que lindo!!!!!
Meus olhos e coração agradeceram...sniffff...emocionada...maravilhada :)

Beijos de muito carinho a vc que passar por aqui, neste belo e lindo domingo de quase primavera...

flor de cristal{LB}. E por favor...me guarde no coração...

2 comentários:

Luz das Estrelas disse...

Lindas palavras amiga
adorei tb
e saiba que vc ja esta a muito guardada em meu coração
bjs
Luz das Estrelas

submissa flor de cristal{LB} disse...

Hummmm...delicada menina do meu coração!!
A recíproca é verdadeira, pisc*...rssrs..

Beijos e carinho!

flor de cristal{LB} .